Carasobarbus luteus, Yellow barbell

You can sponsor this page

Carasobarbus luteus (Heckel, 1843)

Yellow barbell
Carregue seu(sua) Fotos e vídeos
Pictures | Imagem do Google
Image of Carasobarbus luteus (Yellow barbell)
Carasobarbus luteus
Picture by Esmaeili, H.R.

Classificação / Names Nomes comuns | Sinônimos | Catalog of Fishes(Gênero, Espécies) | ITIS | CoL | WoRMS | Cloffa

> Cypriniformes (Carps) > Cyprinidae (Minnows or carps) > Torinae
Etymology: Carasobarbus: Latinization of , karass, karausche, European crucian carp + Latin, barbus = barbel (Ref. 45335).  More on author: Heckel.

Environment: milieu / climate zone / depth range / distribution range Ecologia

; Água doce bentopelágico.   Temperate

Distribuição Países | Áreas da FAO | Ecossistemas | Ocorrências | Point map | Introduções | Faunafri

Asia: Tigris River; Kor River; Lake Maharlu; Gulf and Hormuz basins; Iraq and Syria.

Comprimento de primeira maturação / Tamanho / Peso / Idade

Maturity: Lm ?, range 15 - 15.7 cm
Max length : 35.0 cm TL macho/indeterminado; (Ref. 59113)

Descrição suscinta Morfologia | Morfometria

Espinhos dorsais (total): 3 - 4; Raios dorsais (total): 9-10; Espinhos anais 3; Raios anais : 6. Body deep., maximum body depth 30.2-38.1% in SL. Dorsal profile only slightly more arched than the ventral one. Blunt snout, its length slightly greater than the eye diameter. Only the posterior barbels are present. The last unbranched ray of the dorsal fin is spinified on its inferior fourth or fifth of its length and very finely serrated on its posterior margin (Ref. 57642).

Biologia     Glossário (p.ex. epibenthic)

Ciclo de vida ou comportamento de acasalamento Maturidade | Reprodução | Desova | Ovos | Fecundidade | Larvas

Referência principal Upload your references | Referências | Coordenador | Colaboradores

Coad, B.W., 1996. Zoogeography of the fishes of the Tigris-Euphrates basin. Zool. Middle East 13:51-70. (Ref. 33304)

Status na Lista Vermelha da UICN (Ref. 123251)

  Segura ou pouco preocupante (LC) ; Date assessed: 18 February 2013

CITES (Ref. 123416)

Not Evaluated

CMS (Ref. 116361)

Not Evaluated

Ameaça para os humanos

  Harmless





Uso pelos humanos

FAO - Publication: search | FishSource |

Mais informação

Países
Áreas da FAO
Ecossistemas
Ocorrências
Introduções
Estoques
Ecologia
Dieta
Itens alimentares
Consumo alimentar
Ração
Nomes comuns
Sinônimos
Metabolismo
Predadores
Ecotoxicologia
Reprodução
Maturidade
Desova
Agregação de desova
Fecundidade
Ovos
Desenvolvimento dos ovos
Idade/Tamanho
Crescimento
Peso-comprimento
Comprimento-comprimento
Frequências de comprimento
Morfometria
Morfologia
Larvas
Dinâmica larval
Recrutamento
Abundância
BRUVS
Referências
Aquacultura
Perfil para aquacultura
Estirpes
Genética
Frequências alélicas
Hereditariedade
Doenças
Processamento
Nutrients
Conversão de massa
Colaboradores
Fotos
Stamps, Coins Misc.
Sons
Ciguatera
Velocidade
Tipo de natação
Área branquial
Otólitos
Cérebros
Visão

Ferramentas

Relatórios especiais

Baixar XML

Fontes da internet

Aquatic Commons | BHL | Cloffa | Websites from users | Checar Observador de Peixes (FishWatcher) | CISTI | Catalog of Fishes: Gênero, Espécies | DiscoverLife | ECOTOX | FAO - Publication: search | Faunafri | Fishipedia | Fishtrace | GenBank: genoma, nucleotídeo | GloBI | Google Books | Google Scholar | Google | IGFA World Record | MitoFish | Bases de dados nacionais | Otolith Atlas of Taiwan Fishes | PubMed | Reef Life Survey | Socotra Atlas | Árvore da vida | Wikipedia: Ir para, procura | World Records Freshwater Fishing | Registro zoológico

Estimates based on models

Índice de diversidade filogenética (Ref. 82805):  PD50 = 0.5010   [Uniqueness, from 0.5 = low to 2.0 = high].
Bayesian length-weight: a=0.01072 (0.00866 - 0.01326), b=3.06 (3.00 - 3.12), in cm total length, based on LWR estimates for this species (Ref. 93245).
Nível Trófico (Ref. 69278):  3.0   ±0.4 se; based on size and trophs of closest relatives
Resiliência (Ref. 120179):  médio(a), tempo mínimo de duplicação da população 1,4 - 4,4 anos (tm=2-3).
Vulnerabilidade (Ref. 59153):  High vulnerability (59 of 100) .